1blog

Deixar o aparelho na tomada pode encarecer a conta de luz (Foto: Reprodução/Stock.xchng)

Deixar eletrodomésticos no modo de espera – ou seja, quando são desligados apenas usando o controle remoto – é um hábito comum a boa parte da população. Apesar de os aparelhos ficarem prontos para serem acionados a qualquer momento, e, ao mesmo tempo, preservarem as configurações pessoais feitas por seus usuários, a opção pode não ser das melhores. O TechTudo explica os prós e contras de usar deixar a aparelhagem no modo stand by.

Conta de luz nas alturas

Aquela luzinha – geralmente vermelha – que permanece acesa nos eletrodomésticos indicam que o aparelho está no modo de espera. O que muita gente não sabe – ou simplesmente não quer acreditar – é que esse modo operacional consome 20% a mais de energia do que despenderia caso o dispositivo eletrônico fosse desligado direto no botão ou da tomada. Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, o IDEC, o consumo mensal de energia de uma residência pode aumentar em até 15%.

Já o Inmetro confirma que cada aparelho que esteja utilizando o modo stand by pode aumentar o valor da conta de energia elétrica em até R$ 2 por mês. Pode parecer pouco, mas, somado à quantidade de eletroeletrônicos utilizados por uma família, o resultado é gera uma grande diferença no orçamento mensal. Somados ao longo de um ano, os gastos podem chegar a valores consideráveis.

 

Configurações mantidas

Dependendo do produto, no entanto, manter a configuração pode evitar a necessidade de realizar logins a cada vez que o aparelho for ligado. Ou, ainda, refazer diversas etapas de ajustes personalizados. Cabe ao usuário decidir se vale a pena o gasto mensal produzido pelo stand by para não perder as personalizações executadas em cada dispositivo.

3blog

A Apple TV, por exemplo, salva as informações na nuvem e torna desnecessário manter a televisão em stand by (Foto: Divulgação)

A realidade é que muitos produtos eletrônicos modernos não exigem o uso do modo de espera, salvando as configurações precedentes mesmo com o desligamento completo. Em TVs mais atuais, por exemplo, apenas algumas informações são perdidas, como, por exemplo, o relógio interno do aparelho. Já nas Smart TVs, as configurações não ficam salvas no aparelho e sim na nuvem, ou seja, nestes modelos há ainda menos necessidade de mantê-los em modo de espera.

Dicas úteis

Algumas dicas simples, como a utilização de um filtro de linha que possui um botão que permite cortar o fornecimento de energia aos aparelhos conectados, podem ajudar  a manter todos eles realmente desligados. É importante conferir se o dispositivo realmente tem necessidade de permanecer em modo de espera. Na grande maioria dos casos, essa função serve apenas para deixá-los prontos para serem ligados com rapidez através do controle remoto. Ou seja, há necessidade de ficarem no modo stand by.

Fonte: Marvin Costa para o TechTudo

Via Idec e Inmetro

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/09/quais-pros-e-contras-ao-deixar-aparelhos-em-stand.html

Por: Eniac

Publicado em: 25 de setembro de 2013

Categorias: Sem categoria.