Publicada por THIAGO BARROS – TechTudo

O número de extensões para o Google Chrome infectadas com conteúdo malicioso vem crescendo, e o Google está preocupado com isso. Por isso, incrementou a segurança com alertas sobre plugins suspeitos e também prometeu recompensar quem relatar novos casos de malware contaminando os add-ons para o navegador. É uma espécie de “concurso caça-plugin com malware”.

 

Image

Chrome emitirá alertas com nova função (Foto: Divulgação Google)

 

Os internautas que reportarem extensões do browser “by Google” que estejam causando danos para os usuários podem receber de US$ 500 a US$ 10 mil do Google. A recompensa varia, de acordo com o “tamanho” da vulnerabilidade, como as permissões às quais ele consegue acesso e os tipos de dados que a extensão tem capacidade de utilizar.

Além deste “concurso”, que estimula os internautas a caçarem plugins com malware na Chrome Web Store, o Google também está lançando uma nova funcionalidade: alertas sobre alterações nas definições do navegador do usuário. O comprometimento de dados deste tipo pode ser prejudicial para os usuários, mudando as definições do browser como privacidade, segurança e outros de detalhes.

Segundo o próprio Google, o acesso de criminosos a estes dados é a reclamação com o maior número de críticas feitas pelos usuários em relação ao Chrome. Nem a adoção do botão de reiniciar as configurações do navegador para os dados de fábrica fez com que o tipo de ataque tivesse uma menor incidência.

 

Image

É possível reiniciar configurações no Chrome (Foto: Thiago Barros Reprodução)

 

Por isso, o navegador da empresa passará a emitir notificações quando houver qualquer alteração nas definições do browser. Assim, os usuários poderão saber se as alterações foram realizadas por eles mesmos ou por algum cibercriminoso por meio de um plugin. Caso ocorra a pior das opções, a recomendação é de limpar os dados na aba “configurações” do browser.

Fonte: TechTudo

Por: Eniac

Publicado em: 6 de Fevereiro de 2014

Categorias: Sem categoria.