Microsoft completa 36 anos de sucesso e polêmicas. A última envolve os co-fundadores da empresa e deve ser revelada, em detalhes, no dia 19 de abril, na autobiografia de Paul Allen.

Por Rodrigo P. Ghedin,
do WinAjuda.com

Em 1974, o Altair 8800, o primeiro kit de microcomputador do mercado, foi lançado, atiçando a curiosidade de muitos programadores. Dentre eles, dois jovens americanos de Seattle, amigos de escola e que já haviam trabalhado numa startup, a Traf-O-Data, que analisava dados de tráfego para o departamento de auto-estradas do estado de Washington. Esses dois eram Bill Gates e Paul Allen.


Foto de família. Bonita, não? (Foto por Doug Wilson / Corbis)

Ao verem o Altair 8800, a dupla, experiente em programação Basic, viu ali mais potencial do que a MITS, fabricante do kit, entregava. Gates e Allen decidiram, então, tentar vender a ideia de melhorar o desempenho do Altair usando Basic e, após uma reunião com Ed Roberts, então presente da MITS, fecharam negócio. Ambos se mudaram para Albuquerque, no Novo México, e lá, aos 22 (Allen) e 19 (Gates) anos, no dia 4 de abril de 1975, fundaram a Micro-soft, assim mesmo, com hífen.

Do Altair 8800, a Microsoft criou versões do Basic também para o Apple II, sucesso de vendas na época, e para o TRS-80, da Radio Shack. Em 1979, mudou sua sede para Bellevue, Washington e, mais tarde, em 1986, para Redmond, também em Washington, até hoje endereço da companhia. Em 1981, tornou-se uma S/A, meses antes da IBM lançar seu computador pessoal equipado com o MS-DOS 1.0, sistema operacional de 16 bits da Microsoft, numa parceria que até hoje é tida como genial por analistas.

O Windows só deu as caras alguns anos mais tarde, no final de 1985. O sistema se desenvolveria muito a partir dali, a ponto de, na década de 1990, chegar a ser usado por mais de 90% dos computadores do mundo, alcance que mantém até hoje.

Uma das empresas mais admiradas e conturbadas do mundo, apesar dos pesares a Microsoft continua satisfazendo clientes e acionistas. A empresa fez a sua oferta pública inicial (IPO) em março de 1986. De lá para cá, as ações, descontando a inflação, valorizaram 160 vezes.

O aniversário de 36 anos da Microsoft antece a publicação do livro Idea Man, do co-fundador da empresa Paul Allen. O lançamento será no dia 19 de abril e já vem causando polêmica devido às duras críticas de Allen a Gates, seu ex-sócio. No livro, ele alega que Gates e o alto escalão da Microsoft fez pouco caso da linfoma que ele teve que enfrentar e que, em dado momento, houve até uma tentativa de manobra para tirá-lo do quadro de líderes da empresa.

fonte:Geekhttp://www.geek.com.br/posts/15591-do-basic-ao-windows-7-microsoft-completa-36-anos

Por: Eniac

Publicado em: 4 de abril de 2011

Categorias: Sem categoria
Tags: .