A evolução do conteúdo multimídia possibilitou a diversificação e ampliação de meios e tecnologias para a o crescimento  da cultura digital, porém muito se perdeu nessa adaptação de tecnologias.

No início deste milênio, a indústria da música foi totalmente revolucionada com a popularização dos arquivos mp3 e seus players, como o iPod. Esta tecnologia fez com que a qualidade sonora presente nos antigos vinis e cds, se destacasse em relação as atuais tecnologias de áudio, isto devido a imensa compressão de bits, muito da “pureza” e equilíbrio de graves e agudos virou coisa do passado.

Embora a tecnologia tenha revolucionado o modo como conhecemos a música, a qualidade que apenas um disco de vinil poderia nos trazer fora esquecida.

Neste cenário, nasceu o FLAC ( Free Lossless Audio Codec), que veio com a promessa de relembrar a superioridade sonora que tínhamos nas antigas mídias de áudio. O Flac é um codificador de compressão de áudio sem perda de informação, ou seja, ao contrário do MP3 e ele não remove nenhuma informação do fluxo de áudio, mantendo assim a fidelidade e qualidade do som, mas isto o torna 10 vezes maior que um arquivo comum de áudio.

Atualmente, nenhum dispositivo de áudio reproduz os arquivos Flac nativamente, em smartphones,  iOS e Android é necessário aplicativos de terceiros para executar músicas com baixa compressão de bits, já em PCs e Macs, existem players de mídia como o VLC que reproduzem estes arquivos naturalmente.

Conheça mais a respeito deste arquivo que promete revolucionar a qualidade da música digital no link abaixo:
Site do projeto: http://flac.sourceforge.net/

Por: Eniac

Publicado em: 15 de agosto de 2012

Categorias: Sem categoria
Tags: , .