Capital do Paraná tem maior número de alunos convidados para o exame.
Exame será reaplicado nesta quarta-feira em 218 cidades do país.

Vanessa FajardoDo G1, em Curitiba

Gabriela Wassano viajou quase 500 km de Paranavaí a Curitiba para fazer a nova prova do Enem 2010 (Foto: Vanessa Fajardo/G1)

Dos mais de 9.500 estudantes que tiveram problemas com os erros de impressão do caderno amarelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e foram convidados para fazer o novo exame nesta quarta-feira (15), a maioria está na cidade de Curitiba.

Segundo o Ministério da Educação, são 2.620 estudantes nesta situação. No total, no Paraná – segundo estado onde houve mais problemas -, foram convidados 2.708 alunos. Além de Curitiba, o Enem será reaplicado em outros cinco municípios do Paraná.

Candidata a uma vaga ao curso de medicina, Gabriela Wassano, de 18 anos, disse que viajou 8 horas para refazer o Enem nesta quarta-feira, em Curitiba. Ela mora na cidade de Paranavaí que fica no noroeste do estado do Paraná, a cerca de 500 km de distância.

“Saí da minha casa na terça à noite e vim só para a prova. Este transtorno todo incomoda bastante, mas o Enem é muito importante para mim”, afirmou. Gabriela disse estudou durante todo o ano e pretende disputar vagas por meio do Sistema de Seleção Unificado (SiSU).

A estudante afirmou que não foi convocada pelo Inep. “Tive de entrar em contato pelo 0800 e por e-mail. Só recebi a confirmação de que poderia fazer a prova no domingo. Foram dias de muita tensão.”

Juliana Jorge da Silva e Jéssica Nicolete em frente ao local de provas em Curitiba (Foto: Vanessa Fajardo/G1)

As estudantes Juliana Jorge da Silva, de 20 anos, e Jéssica Nicoletti, de 18 anos, chegaram à escola estadual Hildebrando de Araújo, onde farão as provas, antes das 11h. O exame será aplicado das 13h às 17h30.

“Quis vir antes porque não sabia onde era. A gente torce para que não haja novos problemas. Tive de faltar no trabalho para poder refazer o Enem”, disse Juliana, que trabalha como operadora de produção.

Tive de faltar no trabalho para refazer a prova e nem sei se agora ela estará correta”
Jéssica Nicoletti, estudante

Para Jéssica, a sensação é de insegurança. “Da primeira vez, minha prova veio cheia de problemas, com questões repetidas e algumas faltando. O ministério teve um ano para preparar o exame e mesmo assim houve falhas. Tive de faltar no trabalho para refazer a prova e nem sei se agora ela estará correta”, afirmou Jéssica que fará o Enem para tentar uma vaga na universidade.

No total, o Enem será reaplicado em 218 cidades de 17 estados brasileiros. O estado onde foi contabilizado o maior número de alunos prejudicados foi Santa Catarina, com 3.477 estudantes, em 42 municípios. A maioria fará prova nesta quarta na cidade de Chapecó (402 pessoas. Em Concórdia, são 307 candidatos convocados.

Depois de Santa Catarina e Paraná, o terceiro estado com maior número de estudantes convocados para o novo Enem é Minas Gerais. Em Minas, de acordo com o Ministério da Educação, 1.266 alunos em 54 cidades tiveram problemas com a prova amarela e estão habilitados a fazer a prova nesta quarta. A maioria (636 pessoas) está em Belo Horizonte.
Histórico

O MEC decidiu reaplicar as provas de ciências humanas e ciências da natureza depois de uma série de reclamações que alunos que fizeram o exame no dia 6 de novembro. No caderno de provas da cor amarelo havia erros de impressão, questões repetidas e fora da sequência.

O ministério convocou apenas os candidatos tiveram seus problemas registrados em ata pelos fiscais que aplicaram a prova. Para identificá-los, de acordo com o Inep, houve um levantamento nas atas de 116.626 locais de prova.

Inicialmente, o ministério anunciou que somente 2.817 estudantes teriam direito ao novo exame.

Os estudantes que solicitarem terão à disposição uma declaração de comparecimento para justificar a ausência ao trabalho, segundo o Inep.

fonte:Globo.com – http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2010/12/viajei-8h-para-fazer-o-novo-enem-diz-estudante-que-fara-prova-em-curitiba.html

Por: Eniac

Publicado em: 15 de dezembro de 2010

Categorias: Sem categoria.