A participação do Centro Universitário Eniac no STHEM Brasil 2017 continua

Hoje, foi a vez do professor Dr. Gustavo Hoffmann (Grupo Ânima) e da professora Me. Ana Valéria (UNISAL Lorena) trazerem valiosas discussões em torno do Ensino Híbrido e da Sala de Aula Invertida. Ambos os professores acompanham o Consórcio desde sua criação, possuem experiência internacional e  frequentam fóruns de discussão em diversos outros lugares. Importante observar que esta foi a primeira vez que o programa de formação de professores trouxe palestrantes que são membros do próprio Consórcio STHEM Brasil.

O professor Gustavo trouxe relatos importantes de outras instituições que, assim como o Centro Universitário Eniac, já utilizam com muito sucesso essas novas metodologias.

E você? Já sabe o que significa a Sala de Aula Invertida e o Ensino Híbrido?

O Ensino Híbrido surge como uma inovação sustentada em relação à sala de aula tradicional e, de maneira inovadora, tenta oferecer “o melhor de dois mundos”: o presencial e o "a distância".  Aqui em nossa instituição, a modalidade Flex é sinônimo de Ensino Híbrido. O Modelo Flex oferece aulas presenciais no formato de oficinas e aulas online que, em conjunto, possibilitam momentos de estudos individuais e colaborativos (junto com outros estudantes, tutores e professores) que contribuem com a apropriação do conhecimento e o desenvolvimento da autonomia do estudante. O trabalho colaborativo e o uso de ferramentas tecnológicas digitais ocupam lugar de grande importância nesse processo, favorecendo a pesquisa, a integração teoria-prática e o rompimento das barreiras físicas e temporais da sala de aula tradicional. 

Você deve estar perguntando: e quanto à Sala de Aula Invertida? O método inverte, assim como sugere seu nome, a lógica de funcionamento da sala de aula tradicional. Neste, o aluno estuda o conteúdo antecipadamente e quando chega o momento de classe trabalha com atividades que aplicam o conteúdo estudado. Deste modo, explica a Profa. Ana Valéria, "o aluno vai para a sala de aula, efetivamente, para praticar e resolver problemas".

Ufa! Muita informação, não é mesmo?  Pois é, mas amanhã tem muito mais!

  

         

Por: Simone Vianna

Publicado em: 24 de maio de 2017

Categorias: Inovação, Institucional
Tags: , , .