Em sua última parada, o Prof. Fernando Domingues, do Centro Universitário Eniac, visita, nada mais nada menos, que a polêmica Universidade 42

A Universidade 42 é uma instituição com modelo de aprendizagem inovador, sem professores ou tutores. A universidade nasceu em Paris, mas já existe um campus no Vale do Silício, que foi onde esteve Domingues durante sua missão.

A 42 é financiada pelo bilionário francês Xavier Niel e, por enquanto, só oferece diploma na área de programação (coding). Nos EUA a instituição ainda não está acreditada, mas na França isto já acontece.

Tudo lá é muito iNOVADOR. Já começa pelo processo seletivo que dura 28 dias de programação em C, com média de 300 horas de trabalho. Quem entrega o trabalho e é aprovado está dentro.

O estudante admitido na 42, tem de 3 a 5 anos para cumprir o programa e espera só para conhecê-lo! Além de não ter professor ou tutor, também não tem conteúdo. O currículo do curso é constituído por desafios e a avaliação de desempenho dos estudantes é feita pela entrega da programação. Não existe nota! É certo ou errado. Para receber o diploma, além desta aprovação, os estudantes passam por dois estágios.

O processo de aprendizagem é todo monitorado. Existem gráficos de medição de desempenho e de competências adquiridas.

Você deve estar pensando !!! Sim, é possível ter uma 42 no Brasil, basta apenas o investidor, pois know-how, currículo, premissas e marca ficam por conta da 42. Utopia ou tendência?

Com a visita à Universidade 42 acaba a missão do Professor Fernando Domingues. Então, bom retorno ao Brasil caro missionário.

 

 

Por: Simone Vianna

Publicado em: 23 de abril de 2017

Categorias: Aprendizagem Ativa, Inovação, Institucional
Tags: , , .