Mas afinal, o que é essa Indústria 4.0?

A Indústria 4.0, também conhecida como a Quarta Revolução Industrial, é uma expressão que faz referência à fusão de tecnologias e à interação entre os domínios físicos, digitais e biológicos.

Dentre essas tecnologias, estão a inteligência artificial, a robótica, a Internet das Coisas (IoT), a impressão 3D, a computação em nuvem, a nanotecnologia e a biotecnologia. Fato é! Não se trata de tecnologias das quais nunca ouvimos falar, não é mesmo? O que difere agora, é que elas acontecem com maior velocidade, amplitude e profundidade.

No dia 17/02/18, Renato de Brito Sanchez, atual presidente do CITIG (Centro de Inovação Tecnológica – Innovation Eniac Guarulhos), conversou com os acadêmicos do Centro Universitário Eniac. Esse bate papo se fez para: i) fomentar discussão sobre sobre Mercado, Inovação e Empregabilidade; ii) fazer conhecer o CITIG; iii) explicar sobre a parceria entre o CITIG e o ENIAC e, principalmente, iv) sobre a necessidade de realização de novos projetos acadêmicos, concebidos para trabalhar com o atendimento às demandas da Indústria 4.0.

E o investimento não para por aí. Os missionários Pedro Guérios, Pró-Reitor do Centro Universitário Eniac e Ruy Guérios, Reitor dessa mesma instituição de ensino e atual Conselheiro Deliberativo do CITIG, embarcaram numa missão internacional para a Alemanha, berço da Indústria 4.0, para conhecer o modelo de formação profissional dual alemão, as parcerias escola-empresas e as tendências diante da Indústria 4.0.

No primeiro dia de visitação, eles foram conhecer a Hochschule Baden-Württemberg. A instituição de ensino superior oferece cursos de bacharelado com três anos de duração nas áreas de Engenharia, TI e Negócios. Os cursos possuem carga horária de 5600 horas e são realizados não apenas entre teoria e prática, mas entre a escola e a empresa. Em cada semestre há, respectivamente, 3 meses de aula na escola e 3 meses de projeto realizado em uma empresa parceira. Além dessa metodologia dual de formação, os laboratórios para estudo de ambiente simulado são incríveis e super equipados com tudo aquilo que se tem nas indústrias. Vejam só ...

Para fechar a visitação do dia, nossos missionários foram até a BOSCH, uma das maiores empresas de autopeças do mundo e parceira do programa de formação profissional alemão dual. Dos 12.000 colaboradores, 5% são aprendizes e nela realizam suas práticas profissionais e estágio supervisionado. Com todo esse trabalho conjunto (governo, empresa e escola), ouso dizer que, na Alemanha, não há demanda sem profissionais capacitados para atendê-la e, esses profissionais, enquanto estudantes, aprendem a lidar com as tecnologias atuais e futuras para suas vidas.

Nosso país caminha nessa direção e toda a reitoria do Centro Universitário Eniac afirma que já está  estudando "como trazer essa maravilhosa oportunidade de aprendizado e de evolução tecnológica para o Brasil" ...

Por: Simone Vianna

Publicado em: 19 de fevereiro de 2018

Categorias: Aprendizagem Ativa, Educação, Faculdade, Inovação, Institucional, Notícias
Tags: , , .