Que o curso de Administração é um dos mais procurados pelos universitários do Brasil por causa de suas múltiplas possibilidades, você já sabe. Uma das funções mais almejadas  – e que pode ser muito bem remunerada – por quem passa por esse curso superior é a de Gerente de Vendas.

Esse cargo é muito visado por quem cursa não apenas Administração, mas outras graduações do eixo de Gestão e Negócios. Porém, ser Gerente de Vendas vai muito além de negociar produtos e serviços. Quer saber as particularidades dessa área tão desejada? Então continue a leitura que a gente te conta!

1. Quem é o Gerente de Vendas?

Segundo o Sebrae, esse profissional é o responsável por motivar, treinar e dirigir a equipe de vendas. Cabe ao gerente de vendas avaliar quais pontos estratégicos precisam de melhorias e, sempre, buscar resultados mais expressivos.

Esse profissional também tem algumas características que se completam, como:

  • Controle: organização dos processos, análise clara das métricas e assertividade na hora de mudar de estratégia.
  • Influência: o gerente é o líder de uma equipe e deve pautá-la pelo exemplo.
  • Gestão: muito além de mandar, é a capacidade de fazer com que os colaboradores entreguem resultados porque são comprometidos com o projeto.

A média salarial de um Gerente de Vendas, de acordo com a Catho é de R$5,918.00.

2. Como se tornar um Gerente de Vendas?

Quem chega ao cargo de Gerente de Vendas entende o processo de vender “por dentro”. Ele sabe das técnicas de vendas, como lidar com os clientes e com a pressão de alcançar metas.

Geralmente, antes de chegar à gerência, ele passou por uma ou todas as seguintes funções: vendedor, supervisor de vendas ou até um cargo de gerência, como Diretor ou Gerente Comercial.

3. Estude para fazer negócios

Você pode começar pela graduação em Administração ou Gestão, ou seguir para as especializações na área de liderança. Um dos tipos de especializações indicados para este tipo de cargo é o MBA, o Masters of Business Administration. O MBA serve para profissionais com experiência no mercado de trabalho e que buscam ampliar o conhecimento sobre o mundo corporativo. Saber inglês e algum outro idioma também pesa!

gerente-de-vendas

4. Soft skill, para quê te quero?

Gerente + vendas. A soma das habilidades de conduzir funcionários e negócios, com muita negociação, empatia e também abertura para ouvir e argumentar, tanto com membros da equipe quanto com clientes.

O Gerente de Vendas é uma espécie de treinador, que organiza o time, avalia o participa, ajuda a entender o que está e o que não está funcionando e faz as mudanças necessárias para obter os melhores resultados.

5. Liderar de forma participativa

Foram-se os tempos em que uma pessoa com cargo de gerência numa corporação iria passar as metas aos subordinados, aguardar os resultados e punir aqueles que não atingirem os objetivos.

Líder precisa dar o exemplo, colocar a mão na massa, ouvir, observar, participar. Com isso, oferecer diretrizes para guiar a equipe em busca de resultados.

6. Adeque a liderança

É preciso ajustar seu jeito de conduzir a equipe de acordo com a personalidade dos integrantes da equipe. Cada vendedor do time tem um jeito de vender, se organizar, de reagir às cobranças e de lidar com conquistas/fracassos na hora de cumprir as metas.

Por isso, um Gerente de Vendas precisa estar sempre atento à estas peculiaridades na hora de negociar e ouvir cada subordinado. E, por consequência, terá de ser um líder diferente para cada vendedor para conseguir obter os melhores resultados.

Curtiu esse conteúdo? Baixe o e-book “Como chegar ao topo da carreira administrativa” e aprenda ainda mais sobre este mercado.