Mito.

Tem muita gente que encara com terror uma aula de Química ou Física no ensino médio. Não é todo mundo que tira de letra questões de logarítmo, potência de base 10, ótica, cadeia de carbonos, etc.

 Mas a Química, por exemplo, assim como todas as disciplinas do ensino básico, contribuem para o desenvolvimento e amadurecimento intelectual e para que nos tornemos autodidatas; além disso, ela está incluída em muitos cursos. Dê só uma olhada:

Educação Física, Fármacia, Biologia, Medicina, Ciêncas Biomédicas, Odontologia e outras ligadas à área das biológicas : há uma disciplina denominada BIOQUÌMICA em que o aluno precisa avançar seus estudos em determinados conhecimentos da química orgânica;

Engenharia Mecânica: existe uma disciplina denominada RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS onde o aluno deve ter conhecimentos básicos de química inorgânica como ligações, reações, metais;

Hotelaria: existe uma disciplina denominada LAVANDERIA,  para a qual  o aluno precisa ter conhecimentos básicos das funções inorgânicas como ácidos, bases, reações de neutralização;

Um outro bom exemplo é para quem quer fazer Comunicação e acha que jamais vai usar a danada da Química.

Pois bem, se você é jornalista e vai fazer uma reportagem sobre um acidente em que houve derramamento de ácido sobre uma rodovia, você vai precisar entender sobre uma reação de neutralização que será feita com óxido de cálcio para neutralizar o produto químico.

E como será que esse jornalista se sairia se não tivesse ideia sobre reações químicas?

Portanto, assim como a Química é fundamental para o intelecto, ela também continuará sendo usada no ensino superior e na vida profissional de um indivíduo.

Fonte: Ligado na Faculhttp://ligadonafacul.com.br/mitoseverdades/381-na_faculdade_nao_vou_usar_nada_do_que_aprendi_no_colegio_mito_ou_verdade.html

Por: Eniac

Publicado em: 12 de março de 2012

Categorias: Colégio, Faculdade.