Visita a grandes empresas alemãs são destaque desta última etapa da missão.

Chegamos a última etapa da missão Indústria 4.0 na Alemanha, que foi organizada pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil/Alemanha e que também compõe o curso MBI de INDÚSTRIA 4.0 do SENAI.

Nesta quinta-feira, o professor Carvalho, juntamente com a comitiva dessa missão visitou o Grupo Bosch cujo principal objetivo é a promoção da sustentabilidade através do desenvolvimento de tecnologias renováveis, acessíveis e a criação de meios de mobilidade seguros, limpos e econômicos. A planta  da unidade de Nuremberg, além de utilizar da Indústria 4.0 como meio para otimizar sua produção e produzir soluções voltadas a Digitalização, utiliza de tal conceito para nivelar seu consumo de energia que controla o consumo de eletricidade na fábrica, em quase todas as áreas, e os dados são monitorados em tempo real e os parâmetros de todo processo são ajustados, tudo sem a interferência de um ser humano sequer! É tecnologia de altíssimo nível otimizando os processos industriais que, uma vez aperfeiçoados, tornam-se sustentáveis alcançado o objetivo principal da empresa.

Em seguida foi a vez de conhecer o Fraunhofer Institute for Integrated Circuits (IIS). O IIS oferece soluções de sistemas orientadas a aplicações que cobrem todo o espectro de uso industrial – desde o desenvolvimento de produtos, processos de produção, manutenção de bens de capital e reciclagem de produtos para design e gerenciamento de operações fabris. Fazem, também, a transferência de soluções de tecnologia de produção para áreas de aplicação fora da indústria, como por exemplo o sistema  de detecção que fica nas traves do gol, no campo de futebol, e verifica se a bola entrou e o gol foi marcado, bem interessante para nós brasileiros, não é mesmo?  

Além do IIS a comitiva conheceu outra unidade da Fraunhofer, o Centro de Produção Tecnológica, localizado em Berlim, onde toda a inovação idealizada no Instituto tem sua aplicação direta na indústria e consequente impacto no mercado. O representante dessa unidade explica a integração digital na produção inteligente, o que resumo a chamada 4º Revolução Industrial, onde a tecnologia digital permeia toda a cadeia de produção, automatizando processos, produzindo relatórios e, com isso gerando seus produtos com altíssima eficiência. Ressaltou ainda, que a digitalização industrial é fruto da convergência entre operações tecnológicas e as tecnologias da informação e comunicação (as nossas velhas conhecidas TICs). Nosso missionário teve a oportunidade de conhecer todo o sistema de produção inteligente na Fraunhofer e para finalizar, falou-se sobre a cooperação entre indústrias brasileiras e a Fraunhofer, as vantagens desta parceria que permite ao Brasil alcançar sucesso equiparado aquele que o prof. Carvalho conheceu durante toda essa missão na Alemanha.

Muita inovação, tecnologia e vontade de fazer diferente é o que resume essa missão que com toda certeza se traduzirá em novidades aqui no Centro Universitário ENIAC.

Ana Bondioli

Por: Ana Bondioli

Publicado em: 20 de abril de 2018

Categorias: Aprendizagem Ativa, Faculdade, Inovação, Tecnologia da Informação
Tags: , .