O Eniac é uma instituição inovadora que busca se reciclar e trazer iniciativas novas que reflitam não só no aprendizado do aluno, mas também, na sua vida pessoal, seu caráter e conduta. O esporte é uma das maneiras mais simples e eficazes para se formar crianças e jovens disciplinados e responsáveis, pensando nisso o Eniac criou o Nata – Núcleo para Aperfeiçoamento de Talentos. Em maio desse ano o professor e coordenador José Marcelo Silveira Gomes colaborou na consolidação do projeto, embora as ideias tenham surgido desde janeiro.
O Nata está presente tanto no colégio quanto para alunos da faculdade. Na escola, por exemplo, pratica-se futebol, vôlei, caratê, capoeira, xadrez e tênis de mesa. Para os menos, aqueles que estudam até o 5° ano, os esportes aplicados são iguais aos dos alunos até o 9° anos além de ginástica artística e iniciação aos esportes. Para as crianças o coordenador explica que o objetivo é ensinar os conceitos de trabalho em equipe, mexer com a habilidade motora, e mostram um pouco de cada esporte para que os alunos, com o tempo, definam qual deles é o melhor e para qual ele têm aptidão.
O professor Gomes levantou equipes para competições entre colégios, tanto para os alunos da escola para os da faculdade. No caso da faculdade, os esportes com equipes para disputas são vôlei e futsal.
Gomes, que ficou 45 dias na Rússia desenvolvendo um projeto para um departamento de Educação Física, diz que o Eniac é uma instituição inovadora. “O caratê foi implantado nas aulas do colégio como disciplina e isso para agregar mais respeito, concentração e valores éticos a personalidade de seus alunos, e tem surtido efeito”, ressalta Gomes.
Além do esporte, como diz o nome, o departamento é para se aperfeiçoar talentos, o que engloba também a capacidade intelectual. Para trabalhar esse outro lado, o Eniac abre espaço para cursos de extensão como Clínica de Robótica Lego, Introdução ao Desenvolvimento e Gerenciamento de Projetos, Gerenciamento de Projetos com o MS-Project entre outros, ao todo são 11 cursos oferecidos. Todos eles têm sua carga horária e valores de investimento diferentes.
Há 25 anos Gomes tem visto o crescimento e a consolidação do Eniac. O atual professor, que estudou na primeira turma quando a instituição ainda era apenas colégio técnico cursando processamento de dados, se diz orgulhoso da ascensão do Eniac e de fazer parte disso. “Todas as ideias e iniciativas buscam em primeiro lugar o social e o sucesso dos alunos”, declara.

Por: Eniac

Publicado em: 16 de julho de 2010

Categorias: Colégio, Faculdade.