É muito importante que depois de formado os profissionais que estão em busca de reconhecimento e estabilidade continuem estudando portanto, é fundamental pensar em uma pós-graduação.

Os cursos de pós-graduação, especialização e MBA são cursos que duram, em média, dois anos, com o foco no mercado de trabalho. Já o mestrado, o doutorado e o pós-doc são para profissionais que buscam competências nas áreas de pesquisa ou acadêmica.

Não são cursos de longa duração, mas que podem elevar o salário de 10% a 100% de acordo com o setor econômico.

Um estudo feito pela consultoria Produtive com cerca de 400 executivos das regiões Sul e Sudeste aponta a média salarial de acordo com a qualificação.

POST BLOG - PÓS-01

O mesmo estudo aponta que 77% dos executivos entrevistados em cargo de direção têm uma ou mais pós-graduação no currículo sendo que 9% deles contavam com títulos de mestre e doutor. Apenas 23% não obterão títulos além da graduação.

Em entrevista dada ao Jornal Hoje da Emissora Globo, Silene Magalhães, gerente de especialização da FDC (Fundação Dom Cabral), explica a diferença entre as especializações lato sensu e stricto sensu.

 

Em uma matéria dada ao site Análise em Foco Silene fala quais requisitos são necessários para quem busca alavancar a carreira:

“Os requisitos, de hoje, são muito maiores do que os de anos anteriores. Atualmente, o mercado exige, até para funções mais simples, que o profissional tenha além da graduação, uma pós-graduação e duas línguas, sem contar o português. Grande conhecimento de informática, lidar com questões tecnológicas e saber conviver com os colegas também são fundamentais. Diferencial é a palavra chave”.

Na medida em que o profissional busca mais conhecimento e diferenciais ele consegue acompanhar de forma rápida as mudanças que acontecem no mercado de trabalho trazendo para empresa um resultado muito melhor. É nesse momento em que surge o reconhecimento e consequentemente uma remuneração melhor.

Se você ainda não sabe qual pós cursar é interessante que você faça um planejamento de carreira, informe-se sobre o mercado e o mais importante é buscar autoconhecimento. Conhecendo bem o mercado e a si mesmo é a melhor forma de identificar quais competências o profissional precisa agregar na sua formação.

Por: Eniac

Publicado em: 13 de abril de 2015

Categorias: Faculdade
Tags: .