O curso de Fisioterapia é uma ótima escolha para quem gosta de cuidar das pessoas e da saúde. Ele é voltado para a correção e para a prevenção de disfunções nos movimentos dos nossos sistemas. Isso significa que você poderá atender pacientes em diversas condições, o que traz desafios diferentes a cada dia.

A formação tem características especiais sobre as disciplinas, as práticas e até as habilidades necessárias ao estudante. Conhecer tudo isso é fundamental para tomar a melhor decisão!

Para não ter mais dúvidas, descubra como é o curso de Fisioterapia e saiba o que vai estudar ao longo dos períodos.

Como é essa graduação?

O curso superior em Fisioterapia é traz o entendimento exigido para quem pretende se tornar um fisioterapeuta de qualidade. Além disso, é obrigatório para obter o registro no Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO).

Com o diploma em mãos, você terá a chance de escolher um dos segmentos de atuação e poderá trabalhar em clínicas, hospitais, no próprio consultório ou até em empresas privadas.

Tipo de formação

Essa graduação é do tipo bacharelado, o que permite que trabalhe como especialista na área. Com o diploma, terá a oportunidade de trabalhar como profissional liberal no próprio consultório, por exemplo.

Por causa dos temas tratados e da necessidade de estrutura, ela é do tipo presencial. Além da sala de aula, você vai explorar laboratórios e ambientes voltados para a aplicação dos conhecimentos adquiridos.

Duração do curso

Para garantir uma formação completa e de qualidade, o curso de Fisioterapia tem duração de 5 anos. Ao longo dos 10 semestres, você terá conhecimentos teóricos e práticos sobre esse assunto.

Inclusive, essa duração contabiliza os diversos estágios exigidos. Graças a essa atuação, você sai preparado para entrar no mercado de trabalho e realizar bons atendimentos.

Quais são as matérias mais importantes do curso de Fisioterapia?

A grade curricular desse curso superior envolve o entendimento sobre os sistemas e as estruturas do corpo humano e seus movimentos. Ao longo dos períodos, você será apresentado a conhecimentos que serão usados no seu dia a dia. Confira as matérias de destaque!

Neurofisiologia

O funcionamento do sistema nervoso está ligado à capacidade de movimento do nosso corpo. Em muitos casos atendidos pelo fisioterapeuta, o comprometimento dessa área é o responsável por problemas variados. Por isso, uma das matérias iniciais mais importantes é a Neurofisiologia.

Durante a disciplina, você vai aprender sobre o funcionamento das células nervosas, a conexão dos neurônios e como isso reflete nos sentidos. O objetivo é compreender como isso tudo se relaciona aos movimentos e como impacta os diversos sistemas.

Biomecânica e Cinesiologia

Um bom curso de Fisioterapia também traz estudos sobre Biomecânica e Cinesiologia. Nessa disciplina, é possível entender como ocorrem os movimentos no corpo humano e como eles se relacionam com as células.

É graças a essa matéria que você saberá quais são os grupos musculares acionados a cada movimento, por exemplo. Também é viável compreender quais serão as alterações na estrutura, de acordo com a intensidade e frequência. Assim, saberá quais são as técnicas que garantem fortalecimento sem causar lesões, por exemplo.

Métodos e Técnicas de Avaliação

Por falar nisso, é papel do fisioterapeuta prescrever as soluções adequadas para cada necessidade ou condição. Para tanto, você precisará conhecer quais são os Métodos e Técnicas de Avaliação.

A matéria é importante porque traz uma visão completa sobre como agir com cada paciente, em busca da causa do problema. Terá uma visão sobre atividades avaliativas e como interpretar seus resultados. Isso oferecerá um diagnóstico confiável, o que é essencial para a sua atividade.

Cinesioterapia

E já que é importante definir o tratamento adequado, a disciplina de Cinesioterapia merece destaque. Ela traz os conhecimentos necessários para que consiga escolher as melhores soluções para o tratamento e a prevenção de problemas com os movimentos corporais.

Ao final da disciplina, você saberá quais são as principais técnicas para o cuidado postural, respiratório e até circulatório. Com isso, poderá aplicar cada técnica de acordo com as necessidades do paciente.

Tecnologia em Fisioterapia

Um curso de Fisioterapia atual também deve incluir o papel da tecnologia na atividade. Afinal, estamos em plena era digital e há muitas inovações no cuidado com a saúde. É disso que trata a disciplina de Tecnologia em Fisioterapia.

Você será apresentado aos principais dispositivos e às novas técnicas conectadas. É a oportunidade de conhecer as novas soluções para imagem, tratamento e acompanhamento dos pacientes.

Além dessas, o curso de Fisioterapia conta com outras disciplinas importantes, como Fisioterapia do Trabalhador, Desportiva, Bucomaxilofacial e outras. Assim, você conclui a faculdade com uma visão interessante sobre as principais alternativas.

Curso de Fisioterapia - mercado

Quais as características mais importantes de um estudante de Fisioterapia?

Para mandar bem durante a graduação e após a formação, é indispensável que você reúna algumas características. Elas serão úteis em sala de aula e no consultório com um paciente, então é fundamental desenvolvê-las para ser um bom profissional. Veja quais são as principais!

Boa comunicação

Saber se comunicar corretamente é indispensável para transmitir segurança para os pacientes. Você tem que ser capaz de fazer as perguntas certas, de expor as ideias de forma clara e de inspirar confiança nos pacientes.

Dentro da faculdade, essa é a capacidade que permite fazer contatos com colegas e professores. Além de ajudar nos trabalhos em equipe, é muito conveniente para aquecer seu networking!

Empatia

Durante o atendimento e todo o cuidado com pacientes, é fundamental ser empático. Muitas vezes, a pessoa está em uma situação debilitante ou em recuperação de uma doença ou acidente. O trato correto, inclusive, pode fazer a diferença no tratamento. Vê como é importante?

Então, é recomendável oferecer bastante empatia. Você pode desenvolvê-la ao se colocar no lugar das outras pessoas e sempre agir com atenção e personalização.

Multidisciplinaridade

Dificilmente um paciente terá apenas um problema a ser tratado por vez. Nosso corpo é complexo, tem sistemas integrados e precisa de um cuidado completo. Por isso, você deve trabalhar a multidisciplinaridade.

Essa é a capacidade de unir vários assuntos e conceitos diferentes, em busca de um resultado melhor. Sempre pense em formas de conectar seus conhecimentos em uma atuação, pois isso é crucial para o sucesso.

Ética

Ao lidar com a saúde e o bem-estar das pessoas, é essencial se preocupar com a ética. Então, o ideal é já ter essa característica desde as aulas na faculdade. É o que acontece ao observar e cumprir as regras e manter uma atuação sem prejudicar ninguém.

Após a formação, será necessário respeitar o código da profissão, bem como cuidar para oferecer uma experiência adequada para as pessoas. Assim, suas chances de sucesso se multiplicam!

Ao escolher o curso de Fisioterapia, você terá a formação exigida para ajudar as pessoas na recuperação ou na prevenção de problemas corporais. Com a instituição correta, é possível ter a formação necessária para mandar bem na área.

Se quiser ter sucesso na carreira, baixe nosso guia gratuito e descubra como ser o melhor profissional do mercado.