Muita gente deixa de fazer uma graduação por não ter como pagar a faculdade. Isso porque nem sempre o orçamento do mês é suficiente para cobrir todas despesas e ainda pagar as mensalidades do curso.

Se você está entre essas pessoas, saiba que isso não é motivo para desistir dos seus sonhos e deixar de apostar no futuro. Afinal de contas, existem várias formas de conseguir uma grana extra ou até uma bolsa de estudos.

Confira, a seguir, 8 maneiras para continuar os estudos e escolha a que mais funciona para você!

  1. Trabalhe meio período
  2. Dê aulas particulares
  3. Use plataformas de trabalho freelancer
  4. ProUni
  5. Bolsa de estudos
  6. Fies
  7. Financiamento estudantil privado
  8. Empréstimo bancário

Não sabe como pagar a faculdade? Busque uma fonte de renda

Encontrar um emprego formal não tem sido fácil nos últimos anos. Porém, saiba que há outras maneiras de conseguir uma fonte de renda extra para pagar o curso.

1. Trabalhe meio período

Conseguir dinheiro para bancar os custos da faculdade é importante, mas não deve consumir todo o seu tempo. Um trabalho de meio período costuma ser o ideal, pois não consome o dia todo e sobra tempo para se dedicar às aulas e aos estudos.

No começo da graduação, quando ainda é mais difícil conseguir um estágio, procure outras opções, como recepcionista, babá, garçom, vendedor de loja ou atendente de telemarketing. Com o passar dos semestres, você pode buscar oportunidades na sua área e, assim, começar a ganhar experiência e conseguir salários melhores.

2. Dê aulas particulares

Tire proveito dos seus conhecimentos para dar aulas particulares. Se você sempre foi bom em português, por exemplo, por que não ajudar alunos do Ensino Médio a se preparar para o vestibular?

O mesmo vale para quem fala outro idioma, toca algum instrumento ou tem uma habilidade técnica. É uma ótima maneira de usar o que você já sabe para ter um dinheiro a mais.

3. Use plataformas de trabalho freelancer

Outra opção é encontrar trabalhos como freelancer, por meio de plataformas que reúnem profissionais autônomos e clientes. Uma delas é a 99Freelas, onde há oportunidades de trabalho para redatores, designers, web designers, tradutores e outros em diversas outras áreas.

Você também pode achar trabalhos por meio da Rock Content, plataforma focada em Marketing Digital. Além de freelas para designers, redatores, revisores e planejadores de pauta, ela oferece cursos gratuitos que ajudam você a conseguir melhores oportunidades para trabalhar em casa.

Descubra como conseguir bolsas de estudo e financiamentos

Entre as melhores alternativas para quem não tem como pagar a faculdade estão as bolsas de estudo e financiamento estudantil. Ambas opções são oferecidas tanto por programas do governo federal como pelos centros universitários e instituições privadas.

4. ProUni

O ProUni (Programa Universidade para Todos) é uma iniciativa do governo para oferecer bolsas de estudo integrais (100% da mensalidade) e parciais (50% da mensalidade) em instituições de ensino privadas. O objetivo é ampliar o acesso de estudantes de baixa renda ao Ensino Superior.

Para ter direito às bolsas, os candidatos devem:

  • comprovar renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio — caso das bolsas integrais — e de até três salários mínimos para as bolsas parciais;
  • ter cursado o ensino médio em escola pública ou ter sido bolsista em colégios particulares;
  • ter obtido uma nota mínima de 450 pontos no Enem e não ter zerado a redação.

como pagar a faculdade

5. Bolsa de estudos

Se você não tem como pagar a faculdade e não cumpre os requisitos para o ProUni, saiba que existem outras maneiras de obter uma bolsa de estudos. A maioria das instituições de ensino particulares oferece bolsas para estudantes com bom desempenho.

Os candidatos podem ser avaliados tanto pelo processo seletivo da faculdade como pela nota do Enem. Mas é preciso pesquisar, já que os critérios e as modalidades de bolsa dependem de cada centro universitário.

6. Fies

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é mais um programa do governo federal com o objetivo de ajudar estudantes de baixa renda a continuar os estudos. Ele funciona como um empréstimo, ou seja, o estudante precisa devolver o dinheiro do financiamento depois de concluir o curso.

A vantagem do Fies é que as taxas de juros são bem baixas e os formados contam com um tempo significativo para quitar o financiamento. Também é preciso atender aos seguintes requisitos:

  • ter renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos;
  • ter feito o Enem, obtido pelo menos 450 pontos na prova e nota maior que zero na redação.

7. Financiamento estudantil privado

Os estudantes que precisam de ajuda para cobrir as mensalidades do curso podem contar com os programas privados de financiamento estudantil. É uma facilidade grande, pois muitas faculdades possuem convênios com instituições de crédito universitário.

Alguns programas oferecem taxas baixas e até juro zero para certas instituições de ensino ou cursos específicos. Por isso, é importante fazer uma boa pesquisa antes de fechar o contrato.

8. Empréstimo bancário

Embora o empréstimo bancário não esteja entre as melhores alternativas, não deixa de ser uma opção. Isso porque as taxas cobradas pelos bancos são altas e as condições pouco flexíveis. Geralmente, é uma boa saída apenas quando o valor financiado é baixo.

[ENIAC]_CTA_2_-_Guia_definitivo-_As_5_melhores_engenharias

Não deixe de investir no seu futuro

Ficou mais fácil identificar meios de como pagar a faculdade ou conseguir uma ajuda para bancar o curso?

De fato, ainda estamos em um período de crise, no qual as incertezas continuam nos rondando. É por isso mesmo que você deve apostar na sua formação, visando conseguir melhores oportunidades no futuro.

O curso superior é, sim, um investimento significativo. Mas os frutos que serão colhidos no futuro fazem o esforço valer a pena!

Agora que você já sabe como pagar a faculdade e viu que é possível encontrar alternativas, não perca mais tempo! Avalie as opções e escolha a ideal para você.

Pensa em estudar no Eniac? Não deixe de conhecer todos os tipos de bolsas de estudo oferecidas para você realizar o sonho de concluir um curso superior!