Nos últimos anos o tema da Feira de Tecnologia do Colégio ENIAC vem acompanhado o Prêmio Jovem Cientista – CNPQ

Este ano acompanharemos o tema da FECEG “Construindo a cidade do Saber”, englobando o conceito de “construção sustentável” que chegou ao Brasil há cerca de 20 anos. Desde então foi adotado e vem se desenvolvendo em um seleto grupo de grandes construtoras e incorporadoras, obras habitacionais financiadas, obras industriais e públicas, estas por força de lei.

A construção sustentável é um novo conceito que está surgindo dentro da engenharia civil que além de tornar a obra ecológica, pode torná-la até mais barata!

 

Seguiremos os seguintes eixos:

O Impacto da Construção Civil no Meio Ambiente

Muita gente não sabe, mas das atividades humanas sobre a terra, a construção civil é uma das que mais causam impacto no meio ambiente.

No Brasil, por exemplo, aproximadamente 35% de todos os materiais extraídos da natureza anualmente (madeira, metais, areia, pedras, etc.) são usados pela construção civil.

Além dos recursos naturais utilizados, mais de 50% de toda a energia produzida no Brasil é usada para abastecer nossas casas e condomínios, muita dessa energia poderia ser facilmente economizada se essas construções aproveitassem melhor a luz solar natural ou então usassem lâmpadas e chuveiros econômicos, por exemplo.

Para diminuir esse impacto ambiental, nas ultimas décadas do século 20, os profissionais de engenharia civil começaram a desenvolver o conceito de construção sustentável.

 

O Conceito de Construção Sustentável dentro da Engenharia Civil

A Construção Sustentável é um conceito moderno da Engenharia Civil que pode ser aplicado ao projeto de qualquer tipo de estrutura indo desde pequenas casas populares até a construção de grandes prédios tais como fábricas ou hospitais.

Na construção sustentável, os engenheiros civis e arquitetos procuram usar tecnologias ecológicas nas obras para preservar o meio ambiente e poupar os recursos naturais.

 

O conceito de construção sustentável é baseado em 5 ideias básicas:

Projetos Inteligentes

Projetos de engenharia civil e arquitetura inteligente aproveitam melhor as características do terreno e também da natureza tais como iluminação solar natural para poupar o uso de lâmpadas quando a construção ficar pronta.

 

Redução da Poluição

Uma obra de engenharia civil sempre gera muita poluição. Esta poluição pode ser reduzida drasticamente através do melhor aproveitamento dos materiais (redução de desperdício) e também através do uso de ferramentas e estruturas inteligentes ( andaimes de metal reutilizáveis ao invés dos tradicionais andaimes de madeira comuns na construção civil).

Outra maneira interessante de reduzir a poluição é separar as sobras da construção (pedaços de concreto, tijolos quebrados, tocos de madeira, pedaços de ferro). O que puder ser reaproveitado em outras obras é armazenado, o que puder ser reciclado é enviado para a reciclagem.

 

Materiais Ecológicos

O uso de materiais ecológicos é outro princípio fundamental da construção sustentável. Plástico reciclado, madeira de reflorestamento, concreto reciclado (concreto aproveitado a partir da demolição de outros edifícios) são várias as opções de materiais que podem ser usados pela engenharia civil para aumentar a sustentabilidade de uma construção.

 

Eficiência Energética

Além de construir obras de maneira ecológica, a construção sustentável também busca casas e prédios que mantenham de modo econômico.

Um dos modos de tornar um edifício mais econômico e sustentável é através da eficiência energética, essa eficiência pode ser atingida através do uso de lâmpadas e eletrodomésticos econômicos, através do uso de energia solar para aquecer a água e também através do melhor aproveitamento do calor e do frio (que evita a necessidade do uso de ar condicionado).

 

Aproveitamento da Água

A água, um dos bens mais preciosos da humanidade, também pode ser muito melhor aproveitada segundo os conceitos da construção sustentável.

A água das chuvas, por exemplo, pode ser facilmente estocada em cisternas e caixas-d’água para ser usada em serviços domésticos tais como lavar o chão ou então nos vasos sanitários. O desperdício também pode ser evitado através do uso de encanamentos de maior resistência (que vazam menos) e de modelos de torneiras mais eficientes (que pingam menos).

No entanto a Construção Sustentável vem crescendo, como um caminho sem volta, em quase todos os setores da construção civil, esta evolução se deve ao fato de que as classes A e B, principalmente, e cada vez mais, querem empresas, produtos e serviços que tenham compromisso com o meio ambiente e a sociedade. Desta forma empresas que atendem estas classes têm que aplicar os métodos de Construção Sustentável até como um diferencial de seu produto ou serviço.

 

Estamos desafiando nossos alunos e corpo docente a refletir e buscar respostas para estas questões e outras associadas ao tema.

 

Por: Eniac

Publicado em: 18 de setembro de 2014

Categorias: Colégio
Tags: , .