Educação Infantil: Um mundo fascinante

O universo infantil é mesmo fascinante. E de uma forma muito singular, as crianças sentem e pensam o mundo de um jeito próprio. Neste processo de construção do conhecimento, são utilizadas diferentes formas de linguagens onde as crianças  exercem a sua capacidade de terem ideias e hipóteses  sobre aquilo que buscam desvendar. Elas brincam para entender o mundo e se compreender no mundo.

Segundo o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil “A brincadeira é uma linguagem infantil que mantém um vínculo essencial com aquilo que é o “não-brincar”. Se a brincadeira é uma ação que ocorre no plano da imaginação isto implica que aquele que brinca tenha o domínio da linguagem simbólica. Isto quer dizer que é preciso haver consciência da diferença existente entre a brincadeira e a realidade imediata que lhe forneceu conteúdo para realizar-se. Nesse sentido, para brincar é preciso apropriar-se de elementos da realidade imediata de tal forma a atribuir-lhes novos significados. Essa peculiaridade da brincadeira ocorre por meio da articulação entre a imaginação e a imitação da realidade. Toda brincadeira é uma imitação transformada, no plano das emoções e das ideias, de uma realidade anteriormente vivenciada.”

     …”O brincar apresenta-se por meio de várias categorias de experiências.  Estas categorias de experiências podem ser agrupadas em três modalidades básicas, quais sejam, brincar de faz-de-conta ou com papéis, considerada como atividade fundamental da qual se originam todas as outras; brincar com materiais de construção e brincar com regras”.

No texto a seguir, Anita Wadley, resume tudo o que eu gostaria de dizer sobre o brincar numa linguagem poética.

                                   Abraços,         

                          Professora Rosa Maria Argôlo

 

 

   APENAS BRINCANDO

Quando estou construindo com blocos no quarto de brinquedos,

Por favor, não diga que estou apenas brincando.

Porque enquanto brinco, estou aprendendo

Sobre equilíbrio e formas.

Quando estou me fantasiando,

Arrumando a mesa e cuidando das bonecas,

Por favor, não fique com a ideia que estou apenas brincando.

Porque enquanto brinco, estou aprendendo.

Eu posso ser mãe ou pai algum dia.

Quando estou pintado até os cotovelos,

Ou de pé diante do cavalete ou modelando argila,

Por favor, não me deixe ouvir você dizer: ele está apenas brincando.

Porque enquanto brinco, estou aprendendo.

Estou me expressando e criando.

Eu posso ser um artista ou um inventor algum dia.

Quando você me vê sentado numa cadeira

Lendo para uma plateia imaginária,

Por favor, não ria e pense que eu estou apenas brincando

Porque enquanto brinco, estou aprendendo.

Eu posso ser um professor algum dia.

Quando você me vê procurando insetos nos arbustos,

Ou enchendo meus bolsos com todas as coisas que encontro,

Não jogue fora como se eu estivesse apenas brincando

Porque enquanto brinco, estou aprendendo

Eu posso ser cientista algum dia.

Quando estou entretido com um quebra-cabeça,

Ou com algum brinquedo na minha escola,

Por favor, não sinta que é um tempo perdido com brincadeiras

Porque enquanto brinco, estou aprendendo

Estou aprendendo a me concentrar e resolver problemas.

Eu posso estar numa empresa algum dia.

Quando você me vê cozinhando ou experimentando alimentos,

Por favor, não pense que porque me divirto, é apenas uma brincadeira.

Eu estou aprendendo a seguir instruções e perceber diferenças.

Eu posso ser um “chef” algum dia.

Quando você me vê aprendendo a pular, saltar,

Correr e movimentar o corpo,

Por favor, não diga que estou apenas brincando

Eu estou aprendendo como meu corpo funciona.

Eu posso ser um médico, enfermeiro ou um atleta algum dia.

Quando você me pergunta o que eu fiz na escola hoje,

E eu digo, eu brinquei,

Por favor, não me entenda mal.

Porque enquanto brinco, estou aprendendo.

Estou aprendendo a ter prazer e ser bem sucedido no trabalho.

Eu estou me preparando para amanhã.

Hoje, eu sou uma criança e meu trabalho é brincar.

                                                          Anita Wadley

 

Por: Caique Oliveira

Publicado em: 24 de agosto de 2017

Categorias: Colégio, Fundamental I, Fundamental II
Tags: , , , , .