Assunto difícil de falar: o importante é que a escola e

as famílias estejam juntas!

O bullying é um assunto muito importante a ser discutido dentro das escolas, tanto com os alunos mais novos, quanto com os mais velhos, afinal é um tema recorrente na vida de muitos deles. Este não é um assunto fácil de se conversar com muitos alunos por vários motivos: ou já sofreram, ou já praticaram, ou apenas não se sentem confortáveis em falar sobre esse assunto.

Bullying  é uma palavra de origem inglesa, que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, sendo elas verbais e/ou físicas, intencionais e/ou repetitivas, que ocorrem sem motivação aparente, e são feitas por um indivíduo ou mais, com o objetivo de magoar, intimidar ou agredir uma pessoa sem ela ter a possibilidade de se defender, causando dor e angústia.

Esse é um ato no qual existem consequências. O bullying envolve muitos assuntos relacionados à sociedade como preconceito, padrões, rótulos e muito outros, que juntos podem acabar resultando em problemas sérios tanto físicos, quanto emocionais. Também podem contribuir para ocorrências de distúrbios alimentares, entre muitos outros problemas graves com relação à saúde.

A escola é o primeiro contato que temos com uma sociedade, nela conhecemos e aprendemos coisas novas todos os dias e que levaremos pra vida toda. É importante que as escolas e as famílias estejam juntas, lado a lado, porque dessa forma ensinar os alunos a respeitar as diferenças, dentro e fora das escolas, será muito mais fácil e muito mais eficaz. Dessa maneira, os casos de bullying poderiam diminuir bastante, fazendo com que as crianças e adolescentes não sejam vítimas de atitudes ofensivas como estas.

 

Texto: Giovana Duarte Caumo – 2º A – Ensino Médio Colégio Eniac

Por: Miriam Barcellos

Publicado em: 11 de outubro de 2018

Categorias: Aprendizagem Ativa, Colégio, Educação
Tags: .