Você encaixotou a mudança, disse um até logo para a família e finalmente está indo morar sozinho. Só alegria agora, certo? Sim! Na maioria dos casos conquistar o próprio cantinho é libertador e fonte de muita alegria.

Porém, sempre é possível fazer ajustes para garantir que esse momento de transição passe com o máximo de tranquilidade. Se esse é o seu caso, confira as dicas que preparamos pensando especialmente em quem vai morar sozinho.

1. Orçamento, o melhor amigo da independência

A não ser que você decida fazer como o jovem do filme “Na natureza selvagem” e viver isolado no Alaska, você vai precisar contar seu rico dinheirinho e planejar em detalhes como gastá-lo quando for morar sozinho.

Use planilha, aplicativo de controle de gastos ou caderninho para anotar as despesas da casa – não comprometa mais do que 1/3 da sua receita com aluguel! –, planejar poupança e investimentos.

Conte tudo: aluguel ou prestação do imóvel, condomínio, energia, água, telefone, impostos etc! E faça uma reserva para emergências! Você nunca sabe quando um cano vai quebrar ou quando vai precisar ir no dentista às pressas.

2. Preste atenção no mapa antes de ir morar sozinho

A localização do seu novo lar pode ser determinante no seu orçamento de adulto independente. Escolha um bairro que impacte o mínimo possível no custo dos seus deslocamentos para o trabalho e que não seja o bairro dos milionários da cidade.

Também é fundamental ver quais tipos de comércios estão ao redor do seu apê ou casa. Tem supermercado, feira livre, farmácia, hospital por perto? Ótimo! Dar um ok em todos esses itens facilitam a vida, pois você pode fazer coisas andando.

morar-sozinho

3. Comece com o essencial

Assista o documentário Minimalismo e se inspire. Você não vai precisar de uma casa completa desenhada pelos Irmãos à Obra ou pelo Marcelo Rosembaum para poder ir morar sozinho. Trabalhe com o que você tem e com o que você mais vai precisar.

Na lista do Tem Que Ter da mudança para a casa nova entram:

  • Geladeira
  • Fogão
  • Utensílios de cozinha (panelas, pratos, talheres e copos)
  • Colchão

Pronto! Acabou essa lista imensa. Não precisa de fritadeira sem óleo ou aspirador de pó robozinho. Aos poucos, e sem cair no conto das lojas que vendem no carnê em 24 prestações, você vai completando a casinha.

4. Aceite doações

Sabe aquela cristaleira azul clarinha que a sua vó não sabe mais onde colocar porque agora pilota uma cozinha planejada? Bom, peça a cristaleira! Pode se transformar no móvel mais interessante da sua salinha.

Você também pode construir seus próprios móveis com pallets ou caixas de madeira que vão para o lixo quando a feira acaba. Pesquise na internet e descubra como você pode construir essas belezuras com martelo, pregos e algum empenho.

5. Faça um chá de casa nova

É uma ótima desculpa para celebrar. Convide os amigos e familiares e faça a festa! Você pode pedir para eles levarem um petisco e bons drinks ou um presentinho útil – ralador, lixeira, pazinha, grampos de varal e por aí vai.

Aproveite e chame os vizinhos para essa primeira festinha. Assim, você conhece quem vai morar perto de você e já começa a aproveitar uma das melhores coisas de ir morar sozinho: novas amizades! Curtiu esse post? Deixe seu e-mail com a gente e recebe ótimas dicas como essa sempre!