O mundo mudou muito nos últimos 10 anos, não é mesmo? Então, é natural que a forma de aprender, em todos os níveis, também se modifique com o tempo. Atualmente, há coisas que não podem faltar na graduação que nem eram consideradas antes. Do mesmo modo, elementos antigos foram substituídos para que houvesse a adaptação ao novo panorama.

Conhecer esses aspectos é importante porque novos cenários, públicos e necessidades criam espaços otimizados e inovadores. Assim, há como garantir que a formação seja a melhor possível.

Na sequência, veja 4 coisas que não podem faltar na graduação e conheça o que deve ser avaliado!

1. Ensino com metodologia ativa

A construção do conhecimento se adaptou às novas gerações e, também, ao mercado de trabalho. Em vez de utilizar métodos ultrapassados, a aplicação da metodologia ativa se destaca.

Essa proposta se baseia em projetos e na vivência. A intenção é fazer com que os alunos vivam o que aprendem, em vez de serem agentes passivos. Por meio de realizações, projetos e apropriação do conteúdo, o aprendizado é consolidado e os conceitos, são retidos.

A aplicação também pode incluir meios diferentes, como integração com a tecnologia, jogos e atividades. Inclusive, a própria educação à distância utiliza essa alternativa com sucesso.

2. Grade curricular atualizada

Conforme o mercado muda, é natural que as necessidades de conhecimento se transformem. Por isso, uma das coisas que não podem faltar na graduação é uma matriz curricular atualizada.

Pense na Engenharia. Há algumas décadas, a inclusão de tecnologia era praticamente inexistente. Hoje, uma boa grade deve contemplar essa possibilidade, bem como novos conceitos, teorias e métodos.

Ao fazer a análise do curso, é interessante que as matérias estejam sempre em constante atualização. Tanto a grade quanto o conteúdo ministrado devem acompanhar os novos cenários –– e às necessidades dos novos tipos de alunos ––, buscando passar longe de materiais ultrapassados e tópicos obsoletos.

3. Construção profissional com foco nas tendências contemporâneas

Ter conhecimentos atualizados é importante para qualquer pessoa — mas não é suficiente. Afinal, um bom colaborador não é composto apenas pelo que aprendeu em sala de aula, mas, também, pelo que pratica no cotidiano.

Por causa disso, a graduação tem que ser voltada para desenvolver as habilidades que o mercado demanda. Ter alinhamento com as tendências atuais é indispensável para criar profissionais que estão prontos para atuar no segmento escolhido.

coisas que não podem faltar na graduação

4. Oportunidades de networking e carreira

Entre as coisas que não podem faltar na graduação, também estão os cuidados necessários com a parte prática de entrar e de se destacar no mercado. O networking, por exemplo, deve ser estimulado. Permitir que os alunos formem suas redes de contato é indispensável para que tenham melhor desempenho no segmento.

Além disso, convém realizar a preparação para espaços de trabalho colaborativos. A modalidade de coworking, por exemplo, é cada vez mais intensa e demanda habilidades pontuais.

5. Carreira internacional

Não menos importante, há a internacionalização de carreira. Diante disso, quem se forma consegue expandir as barreiras da própria atuação e tem um nível maior de oportunidades.

Ao conhecer as coisas que não podem faltar na graduação, é muito mais fácil fazer a escolha do curso e, principalmente, da instituição. Considerando todos esses pontos, há a chance de se formar de modo completo e preparado.

Aproveite para receber informações riquíssimas para a sua formação superior se cadastrando em nossa newsletter!